Enquanto descia as escadas dos Guindais  

Lembrei-me que foram mais às vezes que te sonhei 

Do que te vivi. 

Talvez seja por isso que te tenhas entranhado tanto. 

A ficção adora passear-se como realidade.   

A verdade é que nos gostámos antes de nos conhecermos.

Agora com o lusco-fusco a tocar a ponte 

Vejo-te por fim partir e 

Concluo que não sei mais do que te invento.   

Já que saíste apaga a luz, 

Um esboço não precisa de cor.  

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK